Uma imagem, uma mensagem…

Projeto de Extensão “Uma imagem, uma mensagem… Expressões de profissionais de saúde no contexto do COVID-19” do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da UFRJ

Sobre o Projeto

Diante da magnitude e rapidez da pandemia da COVID-19, os profissionais de saúde mal puderam se apropriar das poucas informações sobre a doença e já precisaram assumir a linha de frente do cuidado às pessoas afetadas.

Além disso, lidam com a escassez de equipamentos para esse cuidado e de biossegurança, com a necessidade/obrigatoriedade de ampliarem os turnos de trabalho, e o convívio cotidiano de adoecimento e morte, incluindo colegas de trabalho.

Ao lado das manifestações públicas de reconhecimento pelo seu trabalho, os profissionais de saúde – diante das vulnerabilidades pessoais e do sistema para desenvolverem suas atividades – experienciam temores, angústias, revoltas, mas também têm ideias e propostas.

Transitando entre uma e outra situação, estima-se a riqueza das experiências vivenciadas por esses profissionais neste triste e histórico momento. Em meio a muitas denúncias, certamente há muitos anúncios: de criatividade, de solidariedade, de profissionalismo, de humanismo….

Com esse pano de fundo e entendendo a importância da expressão dessas experiências, tanto pelos seus efeitos individuais quanto coletivos, buscou-se promover a expressão e elaboração dos sentimentos decorrentes dos contextos social, pessoal e profissional gerados pela pandemia do COVID-19, de modo que se possa contribuir para mitigar o sofrimento destes trabalhadores.

Para tanto, o projeto se toma como aportes os arcabouços teórico-conceituais da Medicina Narrativa e da Pedagogia Crítico-Problematizadora.

Pela perspectiva da Medicina Narrativa, compreendemos que, para além das especificidades da formação dos profissionais de saúde, a sensibilidade e valorização das diferentes expressões e a capacidade de ouvir e de realizar leituras e interpretações a partir dessas expressões podem ser consideradas como capacidades atinentes a todos os que lidam com o cuidado à saúde de indivíduos e populações. Ao buscar promover um espaço para que profissionais de saúde desenvolvam a competência narrativa, expressa na capacidade de escuta e de interação, o projeto possibilita gerar processos de educação permanente em saúde para profissionais de saúde que estão atuando em serviços e que, nem sempre, tiveram tal competência desenvolvida durante a sua formação, seja de base (nas universidades ou escolas técnicas), seja no serviço.

Já ao situar a proposta em uma perspectiva pedagógica crítico-problematizadora, espera-se que o uso de expressões narrativas e de imagem atuem como dispositivo não apenas catártico, mas que inspire e promova a emergência de ideias que contribuam para a melhoria das experiências e práticas, individuais e coletivas. Por isso, nos ancoramos no binômio denúncia-anúncio de Paulo Freire, com vistas a estimular a produção de propostas pedagógicas inovadoras com vistas ao cuidado na saúde, que leve em conta a importância da articulação entre o compreender e o transformar.

Por meio das redes sociais Facebook e Instagram, criamos páginas para divulgar as imagens com mensagens de profissionais de saúde, que são mediadas pela equipe do projeto. São convidados a participar todos os trabalhadores da saúde, incluindo o pessoal de apoio (vigilância, limpeza, recepção, etc.), bastando tirar uma foto que melhor expresse a sua experiência, acompanhada de uma mensagem, que pode ter poucas palavras ou até 2.200 caracteres, que é o limite textual das redes sociais. O/a autor/a pode identificar-se com o próprio nome ou pseudônimo, indicando a cidade/estado de residência. O material é recebido por e-mail e a equipe do projeto se responsabiliza pelas correções ortográficas das mensagens, edições das imagens e  postagem nas redes. 

O projeto iniciou em maio/2020 e tem duração prevista inicialmente de um ano. Conta com o envolvimento de estudantes de graduação e pós-graduação, bem como de professores da UFRJ e da própria comunidade externa. 

Conheça nossa equipe:

Carolyne Cosme de Souza – Comunidade externa

César Augusto Paro – Doutorando (Saúde Coletiva)

Édnei César de Arruda Santos Junior – Graduando (Saúde Coletiva)

Joice Cavalcanti Lima – Graduanda (Biotecnologia)

Joyce Domingues da Silva Oliveira – Graduanda  (Psicologia)

Juliana Valente Faria Bastos – Graduanda (Medicina)

Karina Correa – Graduanda (Saúde Coletiva)

Laianne Dias Inácio – Graduanda (Biotecnologia)

Levi de Almeida Santa Rosa – Docente (Fisioterapia)

Marcos Paulo da Silva Garcia – Graduando (Saúde Coletiva)

Miriam Ventura – Docente (Saúde Coletiva)

Neide Emy Kurokawa e Silva – Docente (Saúde Coletiva)

Mídias do projeto

– Acervo de imagens e mensagens recebidos pelo projeto nas mídias sociais 

FACEBOOK: IG: @1imagem1mensagem

INSTAGRAM: https://www.instagram.com/1imagem1mensagem/

– Chamada para profissionais de saúde: 

– Como este projeto funciona?

– Imagens e narrativas da pandemia: uma conversa com trabalhadores da saúde participantes do projeto

– “Da janela da minha casa” – narrativa de César Augusto Paro, um dos membros do projeto:

https://www.youtube.com/watch?v=6v-N85aFZYQ (legendado)

– Divulgação do projeto: 

http://www.iesc.ufrj.br/noticias/extensao/258-projeto-de-extensao-1imagem1mensagem

Contato:

– Contato com a equipe do projeto geral e para envio de imagens e mensagens por trabalhadores da saúde: educacaoemsaude@iesc.ufrj.br

Posted in CCS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *